Barra Brasil
Bionorte
Bionorte
   Brasil, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014.CPF:Senha:

MCT institui a Rede Bionorte da Amazônia Legal

Foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (9 de dezembro) a portaria que institui a Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Bionorte)

A Rede será integrada por instituições que atuam em biodiversidade e biotecnologia, visando à formação de recursos humanos e desenvolvimento científico e tecnológico, que possibilite acelerar o processo de desenvolvimento da Amazônia brasileira, produzindo impactos socioeconômicos permitindo a melhoria da qualidade de vida da população.

O objetivo é integrar competências para o desenvolvimento de projetos de pesquisa e desenvolvimento e inovação (PD&I) e formação de doutores, com foco na biodiversidade e biotecnologia, visando gerar conhecimentos, processos e produtos que contribuam para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

A Bionorte será dirigida por um Conselho Diretor, gerenciada por um coordenador-executivo e assessorada por um Comitê Científico. Integram o Conselho Diretor representantes dos ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e do Desenvolvimento (MDIC), do Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Além de instituições de ensino e pesquisa, do setor empresarial da Amazônia Legal, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Fórum de Pró-reitores de Pesquisa e Pós-graduação das Instituições de Ensino Superior do grupo Norte.

O secretário de Política e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento, Luiz Antônio Barreto de Castro, presidirá o Conselho Diretor da Bionorte. Os recursos da Rede serão captados junto ao MCT e nos Estados que compõe a Amazônia Brasileira. As secretarias estaduais de ciência e tecnologia, as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) e as Unidades de Pesquisa e as Organizações Sociais vinculadas ao MCT deverão apoiar a Rede no desenvolvimento de suas atividades.

A Bionorte terá duração de seis anos, podendo ser renovada a critério do MCT, mediante indicadores da Comissão Independente de Avaliação.

Data: 10/12/2008

Fonte: INPA com informações do Jornal da Ciência

Pós-Graduação Fale Conosco Financiadores
Secretaria Geral do Curso de Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia
Universidade Federal do Amazônas - Setor Sul, Bloco "M"
Av. Gal. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, nº 3000 - CEP: 69.077-00 - Manaus/AM
Fone/Fax: (92)3305-4214
Página Inicial  •  Mapa do Site  •  Contato  •  Área Restrita